FIBROSE CÍSTICA E OS 10 MEDICAMENTOS MAIS VENDIDOS NO MUNDO EM 2020

FIBROSE CÍSTICA E OS 10 MEDICAMENTOS MAIS VENDIDOS NO MUNDO EM 2020

Fibrose Cística. A FiercePharma, um dos jornais mais conceituados no mundo sobre medicações, apresentou a lista atualizada dos 20 medicamentos que serão mais vendidos no mundo em 2020, e o impressionante é que o medicamento para tratamento da fibrose cística, a combinação do Lumacaftor e Ivacaftor  aparece na 10ª colocação. (ver lista completa AQUI – em inglês).

Se por um lado, é impressionante que um medicamento para uma doença rara como a fibrose cística, esteja entre os 10 mais vendidos, por outro, hoje o medicamento é a principal aposta no tratamento das pessoas com fibrose cística, sendo o único medicamento que atua diretamente no gene das pessoas que possuem a mutação F508del, a variação mais comum no Brasil.

Considerando o alto custo do produto a alternativa é buscar o direito na justiça, porém devido a ausência de registro na ANVISA, a concessão de liminares é um procedimento complexo, por isso é importante que o candidato tenha prudência antes de ingressar em juízo, como explica o advogado Fellipe Frota:

“ Apesar da grande procura que temos recebido, o momento é de cautela e de procurar os casos de referência (leading case). É preciso que o paciente tenha mais de 12 anos, e possua o exame genético comprovando a mutação F508del homozigótica (em ambos os alelos), as primeiras decisões judiciais serão a referência para os próximos, e se alguém entrar de forma imprudente pode atrapalhar a todos os demais pacientes fibrocísticos que precisam do medicamento de alto custo.” – explica Fellipe Frota

O conjunto lumacaftor/ivacaftor  já foi aprovado pelo FDA, e em novembro/2015 aprovado pela União Europeia, mas até a presente data não possui registro na ANVISA.

 

Enquanto isso, mantenha-se bem informado sobre os Direitos dos Fibrocísticos, se cadastrando em nosso boletim de notícias:

 

cadastrar-agora1

 

 

 

Imagem: http://healthncare.info/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *